Presidente do CONFE comenta sobre evolução de casos de COVID-19 em diversos países